Técnica Alexander | Sobre as Aulas
374
page,page-id-374,page-template-default,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-9.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

É fundamental ressaltar que toda aula da Técnica Alexander é tratada como se fosse a primeira aula do aluno. Este, pelo menos, é o modo abordado pelo professor. Desta forma, o aluno fica livre de qualquer compromisso com o acerto, com a obrigação de fazer correto mesmo que já tenha tido várias aulas. Isto, de fato, ajuda muito no processo de aprendizagem, pois facilita ao aluno a disposição de estar sempre aberto para o novo, para experimentar o desconhecido sem medo de errar.

Trabalha-se com movimentos do cotidiano para que o aluno possa executá-los de maneira segura porém mais leve; consciente mas sem esforço. Introduz-se a prática de pausar antes de reagir a um estímulo que pode ser desde falar, andar, abaixar, sentar, levantar, engatinhar e outros, até ações que abrangem muitos elementos como jogos malabares, tocar um instrumento, cantar e demais, dependendo do interesse pessoal de cada um.

Em geral, o período de uma aula individual é de 30 a 40 minutos. Recomenda-se, aproximadamente, trinta aulas para que o aluno possa compreender e começar a aplicar o método em suas atividades, embora este número seja apenas uma referência. A utilização de trajes confortáveis e adequados é  indicado, evitando-se, vestuário apertado, saia e vestido para as mulheres.

O trabalho em grupo é possível e interessante apenas em caráter introdutório, pois, para o conhecimento e o desenvolvimento de um aprendizado mais aprofundado do método, é essencial o toque constante das mãos do professor.

Não é sentar e levantar de cadeiras, mesmo nas melhores condições, que tem algum valor: isto é simplesmente cultura física. É o que você estava fazendo em preparação que conta quando se vem fazer movimentos.

— FM Alexander